quinta-feira, 22 de março de 2018

Velocidade da internet via Terminal com Speedtest-cli

O Speedtest-cli é uma ferramenta para medir a velocidade de de Download e Upload da internet entregue pela operadora, via comando no Terminal do Linux.

Ele tem interação com o popular site de medição de velocidade de internet Speedtest.net , com a vantagem de:
- não precisar ter interface gráfica instalada;
- não usar o browser;
- não precisar ter instalado o plugin do Flash.

### INSTALAÇÃO
1- Abra o Terminal do Linux
ctrl+alt+t

2- Baixe o arquivo speedtest-li.py via WGET
$ wget https://raw.githubusercontent.com/sivel/speedtest-cli/master/speedtest.py -O speedtest-cli

3- Muda a permissão do arquivo para executável
$ chmod 755 speedtest-li.py

4- Torne-se SuperUsuário
$ su
$ ******

5- Copie o arquivo para a pasta binária
# cp speedtest-cli /usr/bin

6- Para executar o teste de velocidade da sua internet, primeiro retorne para Usuario Comum
# exit

7- Execute o comando, como Usuário Comum
$ speedtest-cli

Speedtest-cli via Terminal Linux

Vamos comparar com os principais servidor via Internet conhecidos: Speedtest.net e o Speedtest da Copel.

Speedtest.net

Speedtest Copel Telecom


8- Especificando a cidade local do seu servidor, primeiro vamos pesquisar o ID_SERVIDOR dos servidores que atendem a minha cidade
$ speedtest-cli --list | grep -i "Maringá"

10354) LIGUE (Maringá, Brazil) [350.98 km]
11096) Fibercom (Maringá, Brazil) [350.98 km]
10636) IRADIO TELECOM (Maringá, Brazil) [350.98 km]

9- Agora rede o comando [speedtest-cli --server ID_SERVIDOR] substituindo o ID_SERVIDOR pelo número do ID que você encontrou na pesquisa (ítem 8)
$ speedtest-cli --server 10354

Speedtest-cli definindo ID do Servidor específico

domingo, 18 de março de 2018

Previsão do tempo via terminal Linux com cURL e wttr.in

Obter informações sobre a meteorologia não é um privilégio de sites especializados no assunto, também é possível receber tais informações via terminal Linux.

Para isso precisamos acessar o comando curl e o serviço gratuito wttr.in.

### cURL
O cURL é uma ferramenta utilizada via linha de comando, que manipula as URL e as transferências de dados, suportando os principais protocolos de transferência, como: FTP, FTPS, HTTP, TELNET, IMAP entre outros.
Escrevi um Post sobre o comando cURL "CONSULTAR IP EXTERNO (DINÂMICO) VIA LINHA DE COMANDO

INSTALAÇÃO:
# apt-get install curl



### WTTR.IN

O servico de previsão moteorológica wttr.in orefece usporte a métodos de informação com sequência ANSI, acessível via terminal linux, executados pelos clientes: curl, wget, http e .png (formato gráfico).

Para retornar a previsão do tempo dos próximos três dias, utilize o comando:
$ curl -4 http://wttr.in/Maringa

Weather report: Maringa, Brazil

     \   /     Sunny
      .-.      27-30 °C       
   ― (   ) ―   ↓ 28 km/h      
      `-’      10 km          
     /   \     1.0 mm         
                                                      


O retorno pode ser personalizado indicando o idioma desejado, sendo suportadas os seguintes idiomas:
Supported languages:
de fr id it nb ru (supported)
az be bg bs ca cy cs da el eo es et fi hi hr hu hy is ja jv ka kk ko ky lt lv mk ml nl nn pt pl ro sk sl sr sr-lat sv sw th tr uk uz vi zh zu he (in progress)


$ curl wttr.in/Maringa?lang=pt

Previsão do tempo para: Maringa, Brazil

     \   /     Sol
      .-.      27-30 °C       
   ― (   ) ―   ↓ 28 km/h      
      `-’      10 km          
     /   \     1.0 mm  


cURL e wttr.in via terminal Linux


### IMAGEM .png
$ curl wttr.in/Maringa.png?lang=pt

quarta-feira, 7 de março de 2018

CONSULTAR IP EXTERNO (DINÂMICO) VIA LINHA DE COMANDO

Algumas vezes é necessários descobrir o IP Externo de uma máquina que se precisa acessar remotamente.

Quando não temos acesso modo gráfico para simplesmente acessar o site do MEUIP na URL http://www.meuip.com.br, precisaremos de um comando via texto para realizar esta ação.

MEUIP

A ferramenta cURL funciona por linha de comando, retornando o IP Externo (dinâmico ADSL) do computador que você queira.

INSTALAÇÃO:
# apt-get install curl


# PESQUISAR IP-EXTERNO 
$ curl ifconfig.me

cURL

# PESQUISA MAIS COMPLETA
$ curl ifconfig.me/all
ip_addr: 186.212.71.109
remote_host: 186.212.71.109.static.host.gvt.net.br
user_agent: curl/7.35.0
port: 55102
lang: 
connection: 
keep_alive: 
encoding: 
mime: */*
charset: 
via: 
forwarded:


### RETORNA DETALHES DO SITE
$ curl ipinfo.io
{
  "ip": "186.212.71.109",
  "city": "Maringá",
  "region": "Parana",
  "country": "BR",
  "loc": "-23.4167,-51.9167",
  "org": "AS18881 TELEFÔNICA BRASIL S.A"
}


### RETORNA SITE
$ curl -s www.hudsonss.com.br





HudsonSS







HudsonSS



Nome: Hudson Souza
Email:  hudsonss@gmail.com

Maringá-PR, 18/03/2018 12:34:53 





domingo, 28 de janeiro de 2018

Skype não oficial 32 / 64 bits no Linux

Desde que o programa Skype paraou de funcionar na plataforma 32 Bits para Linux, venho tentando uma opção para manter a coomunicação com meus contatos.

A opção encontrada foi a instalação da versão Web do Skype no Linux 32 Bits.

Colocando a mão na massa.


1- Vamos apagar alguma instalação que vc possa ter feito anteriormente de forma Manual.
# rm -R /opt/skype_unofficial_client/
# rm /usr/share/applications/Skype.desktop
# rm /usr/bin/skype-desktop

2- O download do programa não oficial skype está no Git, caso não tenha instalado o Git na ainda, instale com o comando:
# apt-get install git

3- Agora vamos clonar o programa, ou seja, fazer o download da instalação do Skype não oficial.
Antes em sua pasta de Download
# cd /home/USER/Download

Faça o download do programa
# git clone https://github.com/haskellcamargo/skype-unofficial-client.git


4- Entre na pasta baixado pelo Git
# cd /home/USER/Download/skype-unofficial-client

5- Confira a arquitetura de seu sistema operacional: 32 ou 64 bits
# uname -m 
i686    =  32bits
x86_64  =  64bits

De acordo com sua arquitetura (32 ou 64 bits) execute a linha de comando correspondente.
Para arquitetura 32 bits:
# make linux_x86

Para arquitetura 64 bits
# make linux_x64

Concluído!

6- Para acessar via linha de comando, digite no bash (Terminal), conforme (Figura 1)
$ /opt/skype_unofficial_client/skype
Em seguido da tecla (Tab)

Figura 1 - Skype não oficial - 32bits



Para simplificar a ação de inicialização, vamos colocar o um atalho na Área de Trabalho, conforme
# cp /usr/share/applications/skype-desktop.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/
ou dependendo do idioma do sistema
# cp /usr/share/applications/skype-desktop.desktop ~/Desktop

É possível alterar o idioma padrão (Inglês) pelo (Português [Brasileiro]), clicando sobre o nome do idioma, conforme (Figura 2)

Figura 2 - Alteração do idioma para Português pt-BR

7- Para colocar o skype na inicialização do computador, conforme (Figura 3)
Menu / Configurações / Sessão e Inicialização
Aba: Inicialização automática de aplicativos
+ Adicionar
   Nome: Skype
   Descrição: Mensageiro
   Comando: /usr/share/applications/skype-desktop.desktop


Figura 3 - Inicialização automática do Skype

domingo, 21 de janeiro de 2018

Python #01 atualização da versão

Verificar a versão instalada na sua maquina
$ python --version
Python 2.7.6

Vamos entra no interpretador do Python

$ python
>>>

>>> print('Olá mundo Python!')

Olá mundo Python!

Sair do Python

>>> exit()


Ok! Vamos precisar da Versao Python 3

Entre no site oficial Python para baixar a ultima versão
https://www.python.org/
Downloads
Há versões para Windows, Mac e Linux
A versão disponível hoje (21/01/2018) para Linux é:
Python-3.6.4.tar.xz  17.0Mb


Atualizar Python 3.6.4 no Linux

Instalar os pacotes necessário via Terminal Bash
# apt-get install build-essential checkinstall
# apt-get install libreadline-gplv2-dev libncursesw5-dev libssl-dev libsqlite3-dev tk-dev libgdbm-dev libc6-dev libbz2-dev


Copiar o arquivo baixado para pasta /sbin

# cp Python-3.6.4.tar.xz /sbin
# cd /sbin

Descompactar

# tar -xvf Python-3.6.4.tar.xz

Entre na pasta descompactada e de o comando

# cd /sbin/Python-3.6.4

Execute

# ./configure
# make altinstall

Testar a versão atual do Python

# python --version
Python 2.7.6

Opaaaa, algo de erado está erra aki :-(

Se eu acabei de instalar a versão 3.6, porque está mostrando a versão antiga?
Bem, nós temos que indicar a nova versão como padrão agora

Se digitar 'python3.6' veremos a versão recem instalada

# python3.6
Python 3.6.4 (default, Jan 20 2018, 22:20:52) 
[GCC 4.8.4] on linux
Type "help", "copyright", "credits" or "license" for more information.
>>> 
>>> exit() # sair do python


### Python 3.6 como padrão do Linux


# cd /usr/bin

# ls python* -ls
   0 lrwxrwxrwx 1 root root       9 Jan 17  2016 python -> python2.7

# Deletar o link simpbolico python -> python2.7

# rm -Rf /usr/bin/python

# Criar novo link com a versão atualizada

ln -s /sbin/Python-3.6.4/python /usr/bin/python

# Verificando a nova versão do Python

# python --version
Python 3.6.4

Python-3.6.4 no Linux Mint 17.3


domingo, 31 de dezembro de 2017

Recriar tabela de partição Pendrive ou Cartão SD

Recentemente precisei "ressucitar" um Cartão SD que do nada parou de funcionar. O mesmo procedimento serve para Pendrive.

Descobri que a tabela de partição não estava acessível, através do comando 
# fdisk -l

Para resolver o problema utilizei 4 procedimentos:

1- Refazer a tabela de partições
# fdisk -b /dev/sdb
OBS: Não deu certo.


2- apagar todas as partições:
# cfdisk -z /dev/sdb
OBS: este comando permite recriar a  tabela de partição, como primaria ou secundária, eu utilizei todo espaço como Primária.


3- Formatar o Cartão SD com formato FAT32
# mkfs.vfat -c -v /dev/sdb1


4- Para mudar o nome do label do Cartão SD ou Pendrive, com FAT32 ou VFAT
# dosfslabel /dev/sdb1 HUDSON


Para verificar se tudo está correto, vamos ver a tabela de partições
Dispositivo Boot      Início        Fim      Blocos   Id  Sistema
/dev/sdb1   *          32    60588031    30294000   83  Linux

Depois transfira alguns arquivos, renomeie e delete os arquivos.



quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Linux Mint Mate 17.3 e 18.2 não acorda da Hibernação

Hibernação com Linux baixando a tampa no notebook nunca foi algo 100% funcional.

No Linux Mint Mate 17.3 e 18.2 que tenho instalado atualmente, o computador Hiberna ao baixar a tampa no notebook, porém não desperta mais, fica em uma tela preta.

Minha partição Swap está ativa, conforma comando abaixo:

# fdisk -l
Dispositivo Inicializar Start Fim Setores Size Id Tipo
/dev/sda1 2048 15624191 15622144 7,5G 82 Linux swap / Solaris
/dev/sda2 * 15624192 210935807 195311616 93,1G 83 Linux
/dev/sda3 210935808 976771071 765835264 365,2G 83 Linux


Alguém tem uma solução para resolver esse problema?