sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Kubuntu e Ubuntu 9.10


Duas das mais famosas e usadas distribuições do Linux ganharam hoje de forma simultânea uma atualização para a versão 9.10 com diversas melhorias tanto visuais quanto de funcionalidades e facilidades.

Todo mundo sabe que o Kubuntu é o braço KDE do Ubuntu que por sua vez usa o GNOME como interface gráfica.

Ambos os sistemas operacionais ganharam melhorias gráficas de encher os olhos, principalmente no lado KDE da moeda que ficou simplesmente lindo. O GNOME do Ubuntu saiu do conhecido laranja e foi para um marrom mais escuro com um efeito de brilho singelo que ficou muito bonito. A interface de ambos ganhou uma excelente polida. O Kubuntu particularmente espera com esta nova versão resolver os problemas que existiam na edição 9.04 como video e wireless.

Novos programas, novas melhorias, novas facilidades. O Kubuntu ganha um melhor suporte a netbooks e suas telas pequenas, ainda em fase Technical Preview. Novos recursos de acessibilidade e organização fazem você ter um melhor controle nas tarefas do dia a dia. As principais novidades vão para o Kubuntu que ganhou atualização da interface KDE para a versão 4.3, como tema Oxygen por toda parte, desde o instalador até o OpenOffice que ganhou suporte a interface gráfica, ficando bem mais integrado ao sistema.


DOWNLOAD:

Kubuntu 9.10 Desktop e Netbook
http://noncdn.releases.ubuntu.com//kubuntu/9.10/

Ubuntu 9.10 Desktop e Netbook
http://noncdn.releases.ubuntu.com/karmic/


FONTE:
Kubuntu e Ubuntu 9.10 para download
Winnext
http://www.winnext.com.br/kubuntu-e-ubuntu-9-10-para-download
30/10/2009

HTML 5.0 já da sinais de vida


No início de 2009 o W3C – consórcio de empresas de tecnologia para levar a Web ao seu máximo potencial – anunciou a primeira especificação do HTML 5. O HTML (Hypertext Markup Language), que é responsável por organizar e formatar as páginas que visitamos na internet, está em sua versão 4.0.1 e continua evoluindo. Após cinco anos de trabalho, esta, ainda, é apenas uma versão de testes do HTML 5 e a versão final está prometida para 2012. Foram feitas grandes alterações, que incluem: novas API’s, entre elas uma para desenvolvimento de gráficos bidimensionais, controle embutido de conteúdo multimídia, aprimoramento do uso off-line, melhoria na depuração de erros, entre outros avanços.

Esta evolução da linguagem padrão para web pode eliminar a necessidade de plug-ins para aplicações multimídia em navegadores. Diversos críticos consideram a tecnologia como um forte concorrente ao Flash do Adobe, Silverlight, da Microsoft, e o recente JavaFX, da Sun. Recentemente, Shantanu Narayen, diretor executivo do Adobe, disse que o Flash não irá perder mercado, porem a versão 5 do HTML já está sendo chamado de “Flash-killer”. Estas tecnologias precisarão se adaptar rapidamente para conseguir manter-se no mercado, tão popular quanto hoje. Na avaliação do co-diretor de ferramentas da Mozilla, Ben Galbraith, as tecnologias viabilizadas pelo HTML 5 como o Canvas para desenhos 2D e o armazenamento de conteúdos no desktop, permitirão que “usemos mais o browser do que nunca”.

Após dez anos sem atualizações, a forma como se escreve páginas na Internet passa por uma boa transformação. O HTML 5 oferece uma experiência web totalmente diferente para usuários e embora exista um longo caminho para ser finalizado, os navegadores mais importantes, como o Opera, Google Chrome, Safari 4, o novo Firefox 3.5 e o Internet Explorer 8 já implementaram partes da linguagem, incluindo tags de vídeo e suporte à tecnologia Canvas.

Com a evolução da linguagem, os navegadores passam da categoria “mostradores de páginas”.


FONTE:
HTML 5.0
Wikipédia
http://pt.wikipedia.org/wiki/HTML_5
30/10/2009

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Instalação Skype Debian 5.0 Lenny

Baixe o pacote para sua distribuição (Debian 5.0, Ubuntu 8.04 e 8.10, Fedora 9 e 10, OpenSUSE 11+, Dynamic Static), no site oficial do Skype
http://www.skype.com/intl/pt/download/skype/linux/choose/

Será necessário ter instaladas as bibliotecas: libqt4-gui e libqt4-core

Caso nãas tenha instaladas utilize o comando:
# aptitude install libqt4-gui
# aptitude install libqt4-core

crie uma pasta propria p instalacao do Skype em:
# mkdir /usr/bin/skype

copie o arquivo baixo p dentro da nova pasta
# cp
skype-debian_2.1.0.47-1_i386.deb /usr/bin/skype

entre na nova pasta q contem o arquivo recem copiado
# cd /usr/bin/skype

utilize o comando para instalar o Skype
# dpkg -i skype-debian_2.1.0.47-1_i386.deb

o Skype está prontinho para ser utilizado, no menu:
Aplicativos/Internet/skype

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Video Verde no LE3

O problema do video verde no Linux Educacional 3.0, a princípio não refere a nenhuma ideologia verde, tão pouco ao Greenpeace Brasil – que faz um excelente trabalho diga-se de passagem – mas sim a um não reconhecimento automático de driver pelo Kubuntu (plataforma gráfica que roda sobre o S.O. Debian no LE3.0).

Para resolver o problema, teremos que editar o script gráfico do X11, que é o xorg.conf e acrescentar algumas linhas que se referem ao driver não encontrado.

1- Abra o Terminal Konsole
Iniciar / Sistema / Terminal (Konsole)

2- Entre como super-usuário
$ su
$ Senha: ******
#

3- Edite o scrpt xorg.conf com seu editor favorito, eu vou edita-lo com o VIM
# vim /etc/X11/xorg.conf

OBS: X11 (o X é maiúsculo)


4- Desa com a SETA para baixo até a linha Section "Device" e acrescente as linhas de código.
Driver "vesa"
BusID "PCI:1:0:0"

Desa mais um pouco em Section "Monitor", e acrescente outra linha.
Option "DPMS"

5- Reiniciar o ambiente gráfico “X” do KDE
Aperte CTRL + ALT + BACKSPACE



DICAS:
=====
1- compare o posicionamento do seu cursor com a figura
2- utilize a seta (para cima) e (para baixo) para se locomover dentro do arquivo de script
3- para escrever o novo código, click na tecla “Insert” ou no “i
4- para salvar use o comando
:w salva
:x salva e sai do arquivo
:q! não salva nada e sai do arquivo
5- instalar codec
aptitude install w32codecs


FONTE:
Video Verde no Linux Educacional 3.0
AlexRSoares
http://imok.zip.net/arch2009-05-01_2009-05-15.html
21/10/2009

terça-feira, 20 de outubro de 2009

As 10 melhores cervejas do mundo

Adoro cerveja. AMO. Talvez mais do que vinho… Mas curto as encorpadas, especiais, diferentes. Por isso, toda vez que encontro o Edu Passarelli- proprietário do Melograno, expert no assunto e colunista da revista Prazeres da Mesa- peço uma dica. Sempre são ótimas. Então resolvi pedir para ele elencar as dez melhores do mundo segundo seu paladar apurado. Aqui estão elas (pena que nem todas tem importadora no Brasil…). A maioria é vendida no Melograno– que tem também uns sanduíches de massa de pizza assados no forno a lenha incríveis; o meu preferido é o que leva ragu de cordeiro e molho de romã.

1- Westvleteren 12 (Bélgica)
http://www.sintsixtus.be/eng/brouwerij.htm
Só está a venda na abadia Saint Sixtus of Westvleteren Westvleteren Trappist. Os clientes precisam concordar em não revendê-las para terceiros. 12 garrafas custam 36 euros.

2- Three Philosophers (EUA)
http://www.ommegang.com/index.php?mcat=1&scat=4&yr=1
Cerejas frescas são usadas em sua formulação. O sabor, claro, traz cerejas ao marasquino, vinho do porto e um quê de chocolate amargo.

3- Strong Suffolk Vintage Ale (Inglaterra)
http://www.greeneking.co.uk/
É a única cerveja da Inglaterra que passa por um processo de dois anos de maturação em tonéis feitos de carvalho. Importada pela Boxer

4- Ola Dubh 40 (Escócia)
http://gastrolandia.uol.com.br/consumo/adoro-oleo-velho-de-motor-curtido-em-uisque/
É escura, densa (a tradução do nome é “óleo de motor velho”), tem sabor achocolatado, final amargo bem balanceado e teor alcoólico de 6%.

5- Colorado Indica (Brasil)
http://www.cervejariacolorado.com.br/
Estilo India Pale Ale, esta cerveja de alta fermentação é elaborada artesanalmente com generosas quantidades de malte, lúpulo e rapadura

6- Rochefort 8 (Bélgica)
http://www.trappistes-rochefort.com/
A Trappistes Rochefort 8º é uma cerveja belga trapista, do estilo Belgian Dark Strong Ale, produzida pela Abadia de Notre-Dame de St. Remy. Importada pela Casa da Cerveja

7- Cuvée Van de Keizer (Bélgica)
http://www.hetanker.be/en/beers/gouden-carolus-cuvee-van-de-keizer.html
A Gouden Carolus Cuvée van de Keizer Blauw é uma cerveja especial, fabricada apenas no dia 24 de fevereiro de cada ano, data do aniversário do imperador Charles V. De coloração vermelho rubi, quase preta. importadora armazén do nono

8- Lust Prestige (Brasil)
http://www.eisenbahn.com.br/
A Eisenbahn Lust Prestige também é fabricada pelo método champenoise. Depois da fermentação pelo método convencional, a cerveja segue para uma vinícola, onde passa por uma segunda fermntação dentro da garrafa

9- Guinness (Irlanda).
http://www2.guinness.com
Precisa falar mais?

10- Pilsner Urquell (República Tcheca)
http://www.pilsner-urquell.cz/cz/
A Pilsner Urquell é uma autêntica representante do estilo Bohemian Pilsener, com origem na cidade de Plzen, na República Checa.


FONTE:
As 10 melhores cervejas do mundo
Ailin Aleixo
UOL, Gastrolândia
http://gastrolandia.uol.com.br/comidinhas/as-10-melhores-cervejas-do-mundo/
20/10/2009

domingo, 18 de outubro de 2009

Tecnologia 4G a caminho


WiMax

A (WiMax, Worldwide Interoperability for Microwave Access) se desenvolveu de um conceito próximo do Wi-Fi (e de especificações também abertas, que se traduzem em equipamentos mais baratos, mas com implementações de melhorias e recursos mais recentes), permitindo acesso à banda larga sem fio com custos reduzidos e com muito mais eficiência principalmente no que diz respeito aos usuários finais em locais mais remotos.

Existem também duas variações dela, uma nomádica (IEEE 802.16-2004, que seria útil para transmitir a conexão para lugares de difícil cabeamento, reduzindo o custo para as operadoras), com hotspots para conexão local e outra móvel (IEEE 802.16-2005), que funcionaria para as redes telefônicas e em velocidades de deslocamento de até cem quilômetros por hora.

O WiMax também possui uma ligeira vantagem de implementação (está a mais tempo no mercado), além do suporte das gigantes Sprint e Intel. Infelizmente, mesmo embora projetada para altas velocidades, ela vem sofrendo pressão constante por não manter a velocidade esperada na maioria dos testes realizados até agora, fato que indica a falta de maturação da tecnologia.

Outros problemas que limitam sua inserção são a possível sobreposição de banda em alguns países, contratos de proteção de investimentos já estabelecidos com os padrões LTE e também a alta interferência (em algumas frequências mais altas de transmissão) causada por chuvas, o que limita seu raio de utilização e reduz ainda mais a velocidade do tráfego de dados.


LTE

Já o LTE (resultado do 3rd Generation Partnership Project, 3GPP) desponta como sucessor natural para os atuais padrões UMTS, já que se trata de uma evolução natural para os padrões 3G atuais, pensado desde o início para a comunicação móvel. O resultado é a transmissão de dados bidirecional, com velocidades que são de 15 a 100 vezes maiores que as vistas atualmente (teoricamente 100 Mbits por segundo para Downlink e 50 Mbits por segundo para Uplink) .

O Long Term Evolution é também retro-compatível (assim como o GSM foi com o TDMA), o que significa que usuários, serviços e aparelhos da nova rede e da antiga podem coexistir sem quaisquer problemas.

Celulares antigos podem continuar sendo utilizadosOutra vantagem é o suporte para diversas bandas, que vão de 1920 MHz até 2620 MHz, bem como as tecnologias FDD (Frequency Division Duplexing) e TDD (Time Division Duplex). Já com relação ao alcance, a melhor distribuição é realizada dentro de um raio de cinco quilômetros, mas pode chegar até cem quilômetros com um desempenho ainda aceitável.

Para aumentar ainda mais as forças deste padrão fechado, todas as grandes operadoras norte americanas e diversas outras ao redor do globo (como a Verizon, AT&T, TeliaSonera, T-Mobile, Vodafone, Bell, Telus, e Cox Communications, por exemplo) anunciaram que pretendem converter suas redes até o final deste ano para os padrões LTE.

Entretanto, o sistema não é perfeito: por exigir a utilização de um cartão SIM — assim como os aparelhos das redes GSM atuais —, o padrão teoricamente excluiria da brincadeira outros dispositivos que não fossem provenientes das operadoras, como notebooks, por exemplo. Os custos finais (para os usuários) também devem ser ligeiramente mais elevados que os observados com o formato WiMax.

Se quiser saber um pouco mais sobre esta tecnologia que promete revolucionar o mundo dos portáteis, confira também nosso artigo exclusivo: LTE: o futuro da banda larga móvel?


Uma guerra de morte?

Como já vimos acima, as duas são baseadas nos mesmos princípios e na mesma tecnologia para a transmissão de dados, entretanto, com a adoção forte que está ocorrendo com o LTE nas operadoras telefônicas, é provável que ela assuma o controle total do cenário, deixando para o WiMax a conexão banda larga para usuários finais.

Isso significa que nem uma e nem outra desaparecerá, mas sim que as duas servirão a propósitos diferentes em um futuro muito próximo. Outro ponto a ser considerado é que não será difícil e nem mesmo tão caro o desenvolvimento de plataformas com capacidade de conexão simultânea entre os dois padrões.


FONTE:
O 4G está chegando
Igor Pankiewicz
Baixaki, Artigos, dicas e tutoriais
http://www.baixaki.com.br/info/2453-o-4g-esta-chegando.htm
18/10/2009

sábado, 17 de outubro de 2009

Ubuntu e Kubuntu 9.10 Alpha3

ubuntu-karmic-koala

Na estrada em direcção ao lançamento final da novísima versão do Ubuntu, o 9.10 Karmic Koala, que acontecerá dia 29 de Outubro, a Cannoical (e a comunidade) acaba de lançar a versão Alpha 3 de um dos mais conhecidos sistemas operativos do Mundo. Aqui começam a delinear-se os pilares para a nova versão e os melhoramentos/novidades/inovações começam a surgir. Quais? Venha ver, são todos fantásticos ;-)

Esta nova versão do Ubuntu promete especialmente inovações em termos de usabilidade, através do brilhante projecto “One Hundred Paper Cuts” , que visa identificar e corrigir 100 bugs de usabilidade no Ubuntu.

Outras novidades serão:

• A inclusão do GRUB 2, a primeira actualização significativa do gestor de boot desde a década de 90.

• Inclusão do Linux Kernel 2.6.31, o que siginifica mais comaptibilidade de hardware e com as novas especificações tecnológicas, como é o caso do USB 3.0

• O sistema PackageKit será incluído para gestão de pacotes, em vez do PolicyKit. As mudanças mais visíveis serão no Adicionar/Remover Programas e no Gestor de Actualizações. Vejas as vantagens, as inovações e as imagens aqui.

gpk-run-application

• O leitor de música Rhythmbox será substituído pelo Banshee. O Rhythmbox estará disponível nos repositórios, mas o Banshee não deixará de ser uma boa aposta, pelo crescente número de funcionalidades incluídas e pela integração com vários serviços online (por favor, adicionem Jamendo e Magnatune ;-) ). Também o Pidgin será substituído pelo Empathy, uma decisão algo polémica. O Empathy carece ainda de algumas funcionalidades importantes, mas acredito que lá para Outubro estará em condições mais que razoáveis para “acudir” às necessidades de uma grande maioria dos utilizadores. Pode ver como testar e reportar bugs aqui.

empathy.post

• Software open-source mais actualizado, como por exemplo o OpenOffice.org 3.1 e o Firefox 3.5, entre outros…

• Novos Drivers para NVidia e Intel, que poderão resolver problemas de performance dos utilizadores, especialmente aqueles que possuem uma placa Intel, que não tiveram propriamente uma relação feliz com o Jaunty Jackalope.

• Na versão “normal”, Gnome 2.28, enquanto que o Kubuntu deverá incluir o prometedor KDE 4.3, e terá também a sua versão Netbook Remix, Plasma Netbook, que é nada mais nada menos do que o KDE optimizado tanto interna como graficamente para o seu Netbook. Quanto ao Xubuntu, trará o mais recente ambiente Xfce, ideal para computadores antigos ou para adeptos fervoros da extrema velocidade (se bem que velocidade, velocidade é com OpenBox e FluxBox’s

• Talvez este novo Ubuntu venha a incluir uma “luvada de ar fresco” em termos gráficos, com novos temas, criados por equipas de designers profissionais. Algo que já merecia.

• Sistema de ficheiros ext4 por omissão na instalação, o que, juntamente com os melhoramentos a nível do “pulmão do sistema operativo”, trará tempos de boot ainda mais rápidos.

• Possibilidade de uso do repositório GetDeb/PlayDeb, que permitirá instalar as centenas de aplicações (onde se incluem variadíssimos jogos de qualidade) presentes no site GetDeb através da norma apt, ou seja, através do Synaptic ou pelo “apt-get”.

playdeb-logo

Claro que tudo isto, não está ainda finalizado, e as funcionalidades irão ser melhoradas, algumas criadas, ao longo do tempo. Nesta Alpha 3, temos já algumas interessantes novidades:

(todas as imagens são do site Softpedia Linux, mais concretamente deste artigo, infelizmente não tive a oportunidade de testar esta Alpha)

Uma das coisas que mais nos saltará à vista, é o redesenho do GDM aka Gnome Display Manager. O que mais notará, será que agora terá um gestor de faces para alternar entre utilizadores ao fazer o login, algo que estava definitivamente a faltar no Ubuntu (apesar de facilmente se instalarem temas com Gestor de Faces).

Imagem da Softpedia:

ubuntu910alpha3-small_002a

De seguida, depois do login feito, teremos várias novidades. Duas delas são o Empathy como aplicação de mensages instantâneas, em substituição do Pidgin, e a outra é o Ubuntu One, aplicação desenvolvida por parte da Cannonical para sincronização de ficheiros (e até definições de programas) entre computadores e “on the cloud”, um pouco ao estilo do Dropbox. Para já a aplicação funciona apenas no Ubuntu Jaunty Jackalope (pelo que perde para o Dropbox, que funciona nos três sistemas operativos principais) e tem também uma interface de controlo a partir da Web, além de uma previsível integração com o Gnome e o Nautilus em especial. Oferece uma plano grátis de de 2 GB e um plano pago – 10 euros por mês – de 10 gb. Está ainda em fase Beta, pelo que a margem para crescimento é imensa.

ubuntu910alpha3-large_004

Lembra-se do notify-osd e das novas notificações do Ubuntu Jaunty Jackalope? Gostou dessas notificações? E se lhe dissesse que o bom se tornou ainda melhor?

ubutnu910alpha3-large_009

Mais retocadas, fontes mais pequenas, própria notificação mais pequena em si, um pouco mais longas. A elegância tomou conta do notify-osd, isso é inquestionável :-)

Também a applet para de troca de utilizador foi redesenhada. Agora permite aceder a informações da conta, acesso a algumas opções do sistema e a funcionalidade de “Trancar Ecrã” e “Sair”, para terminar sessão. As restantes funções relacionadas com Desligar, Reinicar, Hibernar, Suspender, estarão na opção “Desligar”, no menu “Sistema”.

ubuntu910alpha3-small_005ubuntu910alpha3-large_006

Se formos mais fundo no sistema, encontraremos duas novidades de relevo. Melhoramentos no Brasero:

ubuntu910alpha3-large_001

E o Firefox, que agora tem pré-instalada uma nova extensão, criada pela Cannonical, que torna cada nova página aberta num motor de busca baseado no Google, mas com o visual e o logótipo do Ubuntu. Algo como isto:

ubuntu910alpha3-large_003

Digam lá que não promete…

Em relação ao Kubuntu Alpha 3, as grandes novidades são o KDE 4.3 RC 2, em que o Arora Web Browser substitui o Konqueror (surpresa!), K3b 1.66 Alpha 2, AmaroK 2.1.1, várias bibliotecas QT actualizadas, o já falado Package Kit, na sua versão KDE, o KPackage Kit e ainda a plasma widget KMicroblogging na sua mais recente versão, que promete reunir todas as suas necessidades de microblogging num único widget.

ubuntu910alpha3-large_008

Quanto ao Xubuntu 9.10 Alpha 3, a grande novidade está no ambiente Xfce 4.6 e em variadíssimas aplicações actualizadas, o que de modo algum comprete a leveza do sistema ;-)

Relembro, que apesar de compreender a vossa irreprensível vontade de “agarrar” esta versão, ela é apenas Alpha, pelo que está sujeitas a imensos bugs, crashes e por enquanto a estabilidade pode não ser a melhor. Por isso, para máquinas de produção pode não ser uma escolha assim tão sensata.

Mas, tem uma máquina de testes? Então, TESTE, reporte bugs, ajude a comunidade e o Ubuntu.

Faltam apenas alguns meses para o lançamento final. Será que aguentam sem fazer o upgrade tanto tempo? Na 2ª Beta está definida a minha data de upgrade.

E tu, que ainda não experimentaste Ubuntu ou outra distribuição GNU/Linux, será que estás pronto para um sistema verdadeiramente à tua altura?

FONTE:
Ubuntu 9.10 Karmic Koala Alpha 3 – Koala a meio caminho
Daniel Rodrigues
Kerodicas
http://www.kerodicas.com/downloads/software/linux/artigo=24078
17/10/2009

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Futurecom 2009


As novidades do congresso de telecomunicaçõe na Futurecom 2009 em São Paulo.

1 - Visitantes observam celular gigante em evento de telecomunicações em São Paulo. Esse é o segundo ano que o Futurecom acontece na capital paulista
2 - Samsung Galaxy, da TIM, traz sistema operacional Android e está à venda por 1.499 no plano pré-pago

3 - Minimodem da TIM traz receptor de TV digital integrado. O equipamento ainda não tem previsão para ser lançado no Brasil

4 - LG Watch Phone GD910 é relógio com celular, tem MP3 player, gravador de voz, videochamada, é resistente a água e tem display touchscreen de 1,43 polegadas. Segundo o fabricante, chega ao Brasil em 2010 por, aproximadamente, R$ 3 mil

5 - LG Crystal GD900 é o primeiro celular do mundo com teclado transparente. O interessante do aparelho é que alguns comando são acionados apenas ''desenhando'' uma letra no teclado. Para acessar o MP3 player, por exemplo, basta escrever a letra M. Tem câmera de 8 megapixels, display sensível ao toque de 3 polegadas, Wi-Fi e 3G. Chega ao Brasil em novembro. Preço ainda não foi divulgado

6 - Moto Dext é o aparelho da Motorola equipado com o sistema operacional Android. Chega na terceira semana de novembro, custando R$ 1599 pela Claro. Tem 3G, tela touchscreen, câmera de 5 MP, Wi-Fi, acelerômetro e GPS

7 - Celular da Samsung, apresentado no estande da Vivo, conecta-se a câmera para vigiar casas, por exemplo

8 - Carregador solar para vilarejos foi projetado para carregar até 8 celulares ao mesmo tempo

9 - O governador de São Paulo, José Serra, assina decreto que isenta o ICMS de operadoras que oferecerem planos de banda larga que vão de 200 Kbps a 1 Mbps por R$ 29,80 mensais durante a Futurecom

FONTE:
Futurecom 2009 - Novidades do congresso de telecomunicações
Thiago Bernardes/UOL Tecnologia
http://tecnologia.uol.com.br/album/151009feira_telefonia_album.jhtm?abrefoto=12#fotoNav=1
16/10/2009

sábado, 10 de outubro de 2009

terça-feira, 6 de outubro de 2009

APT - Ferramenta de Empacotamento

APT (Advanced Packaging Tool / Ferramenta de Empacotamento Avançada) é um gerenciador de pacotes para o Sistema Operacional Linux.

Foi criado para ser utilizado com a distribuição Debian, porém outras distribuições derivadas também herdaram essa ferramenta.

O APT possui diferentes interfaces gráficas:
- Synaptic (GTK)
- Adept Package Manager (Qt)

Em linha de comando, usa-se "apt-get" para baixar pacotes, o que fez muitos se referirem ao Apt como apt-get, o que não está correto.

O Apt possui uma interface simples de linha de comando para fazer o download de pacotes, desempacotar, complilar, instalar e criar icone no menu.


UTILIZANOD O apt-get

Os comandos do apt-get são muito fáceis e intuitivos. Eles seguem uma estrutura muito simples:

# apt-get opções comando
# apt-get opções install pacote [pacote ...]

A linha de comando pode ser uma variação dos tipos básicos a seguir:

Atualiza o banco de dados local do apt-get com os arquivos pkglist[7] do servidor.
apt-get update

Verifica a integridade do seu sistema. Execute este comando quando tiver dúvidas quanto à integridade dos pacotes do seu sistema. É recomendável executá-lo antes de executar uma atualização de distribuição.
apt-get check

Instala algum pacote novo, solucionando e carregando automaticamente os pacotes dos quais o aplicativo a ser instalado depende. Caso o pacote algum-pacote já esteja instalado, o apt-get tentará atualizá-lo.
apt-get install amsn

Faz o download dos fontes de um pacote (SRPM). Note que é necessário que haja uma linha com o TIPO rpm-src no arquivo sources.list para que este comando seja executado.
apt-get source amsn

Procura por pacotes desatualizados no sistema e os atualiza automaticamente. Atualizará todos os pacotes antigos no sistema.
apt-get upgrade

Para atualizar um pacote e suas dependências utilize o comando:
apt-get install amsn

Semelhante ao apt-get upgrade, mas instala todos os pacotes básicos e tenta atualizar tudo, instalando novos pacotes caso seja necessário. É uma maneira mais fácil de fazer uma atualização de sua distribuição[8].
apt-get dist-upgrade

Remove o pacote algum-pacote e todos os demais pacotes que dele dependam.
apt-get remove amsn

Remove os arquivos encontrados no diretório cache, localizado em: /var/cache/apt/archives/, liberando um pouco de espaço no seu disco de sistema. É uma maneira automática de apagar os arquivos que já foram instalados e que não são mais necessários ao sistema.
apt-get clean

Remover pacotes órfãos: (precisa instalar o pacote deborphan pelo gerenciador synaptic)
deborphan | xargs sudo apt-get -y remove --purge

Corrigir problemas de dependências, concluir instalação de pacotes pendentes e outros erros:
apt-get -f install amsn

Adicionando o "--reinstall" ele prossegue com a instalação, mesmo que o pacote já seja a versão mais recente, substituindo todos os arquivos referentes a ele e resolvendo o problema.
apt-get install --reinstall amsn

Remoção de pacotes instalados automaticamente e que não tem mais nenhuma utilidade para o sistema e que consome recursos da máquina:
apt-get autoremove

Remover pacotes com problemas:
apt-get -f remove amsn

Remover pacote completo, inclusive o fonte e configuracoes
apt-get remove --purge amsn

Atualizar a lista de pacotes:
apt-get update

Procurar arquivos corrompidos:
sudo apt-get check

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

KDE 4.1.4 com pacote de internacionalização pt-BR do Debian Lenny 5.0

Konqui - mascote KDE

Peguei uma maquina com Debian Lenny e KDE 3.5 e vou atualizar o KDE p o 4.1.4, que esta no repositorio oficial


Vamos baixar o KDE4 completo no Debian Lenny 5.0 e adicionar o pacote de internacionalização para o idioma pt-BR

#LISTA DE REPOSITORIO
#/etc/apt/sources.list
deb http://kde4.debian.net/ lenny main

#KDE 4.1 COMPLETO
apt-get install kde4

#PACOTE DE INTERNACIONALIZACAO KDE-4.1 pt-BR
apt-get install kde-l10n-ptbr

reinicie o PC...

--------------------

Se der problema e o seu idioma nao entrar em pt-BR, va em:

menu K / Configurações do Sistema / Regional & Idioma


- menu Pais/Regiao & Idioma

na Guia Localização:
click no botao "Adicionar Idioma"
selecione "Portugues do Brasil"
apague todos os outros idiomas q por ventura estiverem na lista e deixe somente o "Portugues do Brasil"

- no menu Corretor Ortografico
idioma padrao: Portugues (Brasil)

reinicie o computador (parece com o Janelinhas + n é)

---------------------

se mesmo assim nao funcionar, vamos partir p o Synaptic: kde-l10n-ptbr
faça a pesquisa pelo nome do pacote

#Gerenciador de Pacotes Synaptic
kde-l10n-ptbr

reinicie o computador novamente...

agora deu certo no meu PC, descobri com o Synaptic q na minha maquina esta instalado o pacote errado (kde-l18n-ptbr), o Synaptic desistalou e instalou o pacote coretto (kde-l10n-ptbr)

abraço

Hudson


sábado, 3 de outubro de 2009

Convite do Google Wave


Ainda está correndo atrás de seu convite para o Google Wave? Você não está só - pelo contrário. Só se falava nisso ontem em nosso Twitter e nas redes sociais.

O Google Wave é um projeto anunciado pela Google durante a conferência "Google I/O", realizada no dia 28 de maio de 2009. Trata-se de uma plataforma para web cuja intenção é unir serviços como e-mail, instant messaging, wiki e social networking em um ambiente único, funcionando a partir de qualquer browser, em qualquer sistema operacional. Algumas de suas características mais interessantes são os avançados sistemas de correção ortográfica e tradução instantânea durante bate-papos virtuais. O Google Wave deverá ser lançado ainda no ano de 2009.

Acabamos de descobrir um novo site para convite:

Google Wave Invites

É um verdadeiro "mercado" de convites para o Google Wave. Se você quer um, basta fazer seu cadastro com nome e e-mail, e cruzar os dedos para ser beneficiado. Se você tem convites sobrando, seja solidário com quem também quer experimentar a versão beta! O site parece estar passando por problemas técnicos devido à grande visitação. Portanto, se não entrar de primeira, continue na tentativa!


FONTE
Quer um convite para o Google Wave?
Olhar Digital. Digital news
http://olhardigital.uol.com.br/digital_news/noticia.php?id_conteudo=9446&/QUER+UM+CONVITE+PARA+O+GOOGLE+WAVE
03/10/2009

Valor do Windows 7 no Brasil


A Microsoft Brasil confirmou na última quinta-feira, 1º de outubro, os preços sugeridos aos pacotes do Windows 7, que chegam aos consumidores brasileiros no próximo dia 22.

O valor sugerido para a versão Home Basic é de R$ 329, e figura como a mais barata. O pacote mais caro é o Ultimate, R$ 669. Nos Estados Unidos, essa mesma versão custa aproximadamente R$ 390.

O Home Premium custará nas lojas brasileiras R$ 399 – no mercado americano é vendido por cerca de R$ 215. Já o Professional teve seu preço sugerido em R$ 629, contra R$ 358 nos EUA.

FONTE
Microsoft confirma preços do Windows 7 no Brasil
Olhar Digital. Digital news.
http://olhardigital.uol.com.br/digital_news/noticia.php?id_conteudo=9442&/MICROSOFT+CONFIRMA+PRECOS+DO+WIN+7+NO+BRASIL
03/10/2009